quinta-feira, 26 de abril de 2012

Minimalista

A fase agora é ser minimalista.
Unhas negras e foscas, roupas leves e claras.
Sofrer não tem mais espaço e do passado só o nome.
Quer sair, saímos.
Quer transar, transamos.
Sem mais, sem menos.
Não tem glamour que suporte o exagero.
É cafona, banal.
Muito drama, muito choro.
Pouco rosa, muito menos.
Poupo meu tempo, pouso meu reino:
Dentro de mim, o universo atento.



Jordana Braz

3 comentários:

Lizzy disse...

Maravilhosa!

Lizzy disse...

MARAVILHOSA!

Thaysa Audujas disse...

Uau!
Adorei, Jordana!
É isso ai, a fase agora é ser minimalista!rs
Beijos