terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Achar o presente é difícil... eu não entendo!

Já que o presente não dura sequer 1 segundo... Ele praticamente não existe!
Posso falar que o presente é hoje, tipo "o tempo que eu tô passando aqui escrevendo isso" mas na verdade isso já faz parte do passado... Ah que bobagem isso!

A contagem do tempo é o tema principal para os meus pensamentos. Eu acho muito confuso os dias, um pouco desorganizado até! Inclusive, eu já quis por muitas vezes organizar meu tempo, aliás, meus dias, minha vida... Já quis ter uma banda antes de terminar o colégio, queria ter um grande amor na adolescência, pretendia ser mãe com 30 anos, pensava como seria as bodas de ouro dos meus pais, em ir assistir um show do Qotsa com o Nick Oliveri no baixo... Meus Deus!
Atualmente vejo que nem 5% do que eu planejava chegou a acontecer.
Meus pais se separaram, tive apenas uma banda que praticamente ficou no papel, o Nick Oliveri já saiu à tempos da banda e ser mãe geralmente é consequência de um grande amor(ou apenas de um grande momento de tesão...) e isso é algo que eu sei lá, pessoas intensas demais são as que mais se machucam ao lidar com isso... como eu!

(vamos abafar o caso, Ok?)



Com tudo isso, eu de uns tempos pra cá, danço conforme a música, sabe?
Tô vivendo cada segundo e me adaptando a tudo que é me oferecido...
Se derem a você (caro colega que teve piedade em forma de gentileza e resolveu ler esse blog!) um limão, não perca tempo; faça uma caipirinha!

Traçar como o daqui a pouco vai ser não é tão interessante como
viver as surpresas que o famoso 'um dia após o outro' nos traz!


Nem no The sims a vida é tão previsivel...

3 comentários:

MuNdO C.a.l.a.b.a.z.z.a disse...

realmentee...
o presentee duraa menos de 1 segundoO.. a conclusão é que elee não existee...
vc é escritoraa?
seus tesxtos são completamentee interessantees...

bjoO

MuNdO C.a.l.a.b.a.z.z.a disse...

é siim
meeus diias são cada dia mais novoos
sempree acontecee alguma coisa diferentee...

haa ... eu achoO que vc escrevee muuito bem suuas opiniões
de maneiraa muuito divertida e interessantee
dariia uma ótima escritoraa

bjoO

Não ao óbvio disse...

incrível como é verdade,e olha, a partir de hoje, se me derem a oportunidade de segurar o meu presente, juro que soltarei logo, para que a queda seja ocasionada por mim mesma, e não por forças que destroem os momentos, sem pedir permissão.
e aí não adiarei os fatos, e não ficarei a esperar pelo melhor momento( por um novo presente),que a gente costuma chamar de futuro.