terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Fama

Não há mais medo que me amedronte,
A vida engraçada me mostra em dias
Que quanto mais medo se tem,
Mais rápido o medo acontece.

E se me pego pensando, o corpo em inércia, move.
Quantas pessoas entram na minha mente
Sem eu saber, sem elas saberem...
Mas ao pensar no mundo, ele não pensa, o mundo não para
E eu aqui penso... vejo a vida passar em gerúndio.

Que triste fim terá aquela que pensa?
Mais um Policarpo Quaresma no Brasil com "s" ...
Pois bem, eu não sei... pensar nisto agora não!
O homem faz a sua fama e a minha eu prefiro não pensar.

Jordana Braz

6 comentários:

Claudia Bittencourt disse...

"Que quanto mais medo se tem,
Mais rápido o medo acontece." mais pura verdade.
Muito bom.

(Esse fundo ficou meio ruim pra ler =\ )

Beijo!

O lado quente do ser disse...

Um policarpo.... ufanista, atrevido, brasileiro.
Uma bela escritora, culta, bonita, diz bem, diz bem com poucas palavras. Parabéns!

drivin me wild disse...

Jo!

Ah, desculpe-me por ter sumido :\ Ultimamente ando numa correria que só, não me sobra tempo pra postar e comentar! Precisamos conversar =]

Adorei esse! =]

Beijos flor!

Pri disse...

Que maravilha de texto!!!
Você está cada dia melhor...
Amei a primeira estrofe!
Caiu direitinho pra mim.

Aislin Nahimana disse...

O medo sempre estará conosco e não adianta fugir dele. A melhor forma é assumirmos que ele existe, então passamos a lidar melhor com ele...

bjosss!!!



http://aislinnahimana.blogger.com.br

Um cara ai disse...

"E eu aqui penso... vejo a vida passar em gerúndio."

bom demais