domingo, 21 de junho de 2009

Os cromossomos XX

Os seios assustam
Aqueles que percebem o além deles:
Um coração e uma cabeça que pensa, questiona
E sabe que há uma incoerência no y, O cromossomo.

Os seios pequenos assustam, o grandes são desproporcionais
E para os mais caídos sobra sabedoria.
Coitados dos seios juvenis que amadureceram antes do tempo,
Vivem como peixes fora d'água,
Um ponto discreto vestindo a famosa roupa do Rei.

Coragem, quem sabe um dia apareça
E olhe os seios com desejo e note o além com tesão,
Sem culpa, sem inibição e sem hora.
Para os dedos tocarem na pele precisam antes
Ter a inteligência como as verdadeiras pílulas azuis.


Jordana Braz

2 comentários:

♫Pri disse...

Nossa querida!!!!!

Intrigante essa daí.


Bjos!!!!

Claudia Bittencourt disse...

''Para os dedos tocarem na pele precisam antes
Ter a inteligência como as verdadeiras pílulas azuis.''

Muito bom!