quarta-feira, 14 de abril de 2010

Bilhete para mamãe

Mãe, não lhe agrada a vida que leva aquela sua filha, eu sei. A garotinha que pedia colo e era tão malcriada, cresceu. Infelizmente, pra ela, pois seria muito mais fácil ter seu pequenino colo sempre por perto e o seu jeito de resolver problemas sem deixar que a culpa caisse sobre ela. A garotinha, sua filha, descobriu que tem uma excelente vida e que boa parte dessa excelente vida é graças a você : uma mulher pequena e gordinha que age e tem dentro de si, um gigante. Nem sua filha, grande filha, possui gigante semelhante ao seu. Admirável ventre que a pôs neste mundo, honra de possuir uma vida plena mas que se descobriu a pessoa mais triste de que se tem história... Sua filha se descobriu tensa, inquieta e mórbida e isso mãe, não é culpa sua, talvez nem culpa dela, ela nasceu assim; e se ela fica pelas ruas, parece triste em fotos e seu humor oscila mesmo sem estar em TPM, é que há coisas que nem ela explica. Suas roupas não lhe agrada Mãe, mas são roupas tão delas... As juventudes sempre discordam, a sua zomba da minha vida e a minha não entende os absurdos da sua... Enfim, a vida é assim e não se preocupe que tudo um dia passa.
É uma fase, tudo ficará bem.






Jordana Braz

3 comentários:

b disse...

Adorei seu blog, jordana! To seguindo.
Visite o meu se puder: www.borboletasnoesgoto.blogspot.com

-rayane- disse...

Ou pode não ser uma fase não é msm?

mães, amo-as.


abraços.

heartless disse...

Belo texto, Jordana!
Parabéns.
Te sigo.