quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Prisma

Hey garota, levanta!
Levanta... já permaneceu por demais dormindo.
Parada, respirando baixinho, faltando estímulo.
Acorda...
Há uma vista linda lá fora.
Seu futuro, uma vida... a parte da sua vida
Que você ainda não viveu.

Versos...
Deixa eles em papel, não os soltem por aí.
Use branco, vermelho, verde e lilás.
Ouse, cante... sinta aquilo que não tem toque.
Prove...
Todos os gostos possíveis. Todos os amores relâmpagos.
Tudo que lhe parecer impossível.
Prisma, minha prisma.

Jordana Braz

8 comentários:

Claudia Bittencourt disse...

Essa primeira parte me lembrou minha mãe me acordando. =P
Adorei.
;*

Nathália Monte disse...

liindo como sempre!!
beijO

O lado quente do ser disse...

"A vitória translúcida foi tão leve e promissora como o prazer pré-sexual..." e será.

Só em se sentir viva, viver amores relâmpagos e talvez vê mais do que existe, belo texto!

O lado quente do ser disse...

Colocarei seu link no meu blog... adoro seus textos!
:~

carolina abdalla disse...

liiiiiiiiiiiiindo jordana :D

Strike... The Son of Fury... disse...

Viver e a unica coisa que temos para fazer de facto... então o faça !!!

Que sua passagem nesse plano seja forte, fervorosa, intensa e sem limites, porque... a vida e uma so, so isso que você tem pelo resto da sua vida... então que seja eterno enquanto dure...

"seja feliz e foda-se o resto..."

♫Pri disse...

É querida, estudando o coração alheio...acabamos por estudar o nosso também.

É bom não ir de encontro ao mal que desejam a nós, é bom prestar a devida atenção a esta intenção.


Beijo querida.

www.manufatura-nova.blogspot.com disse...

E eu estou com saudade de ler novos textos seus!;)