domingo, 31 de maio de 2009

O bolo

Eu quero toda a felicidade do mundo,
Sim, sei que ela pertence ao mundo
Mas eu a quero... E a maior fatia dela.

Quero a beleza de um sonho bom,
Ainda mais se o sonho for apenas uma hipérbole
De um dia simples e feliz, com cheiro doce de bolo.

Quero o amor, o sorriso, o abraço
E o carinho que meu coração deserto merece:
Ver novas marcas de pés sobre as dunas de areia.

Quero ler, escrever e sentir
Manter minhas emoções dentro das letras
E a minha razão sem nenhum peso na consciência...


Jordana Braz

3 comentários:

Ludy Van Pelt disse...

Ahhh o booolo *_*

O lado quente do ser disse...

vc faz umas ligações com palavras que as deixam tão belas e doces :D
Queria um bolo de vida...

um grande abraço :*

Vitória disse...

Leve e delicioso o poema. Brilhante e simples, como tudo o que é brilhante.
Parabéns, deve ter sido realizador produzi-lo.

Beijo